Comandante Nobre

Monumentos para visitar no Rio de Janeiro

Monumentos para visitar no Rio de Janeiro

O Rio de Janeiro é a cidade com o maior número de monumentos no Brasil. São mais de 1200 esculturas, estátuas e construções que homenageiam grandes nomes da música e literatura e fazem parte do acervo histórico brasileiro.

Além das incríveis paisagens e praias que atraem milhões de pessoas de todas as partes do mundo, muitos turistas que visitam à cidade carioca não perdem a oportunidade de registrar uma foto ao lado desses monumentos, que marcam a viagem de uma forma especial.

Infelizmente, alguns estão se deteriorando por falta de manutenção ou ainda sendo depredados por vândalos e furtados por quem ganha dinheiro com o material com o qual são produzidos.

Mesmo assim, vale a pena visitar alguns, que se concentram na maioria no centro da cidade e outros, localizados na orla das praias, como a mais recente, inaugurada em dezembro de 2014, que mostra o compositor e intérprete das mais belas canções da Bossa Nova, Tom Jobim.

Se for ao Rio, programe um tempo da sua viagem, visite quantos monumentos conseguir e conheça uma parte da história da cidade e do país.

Monumentos para visitar no Rio de Janeiro

Conheça então os melhores monumentos para visitar no Rio de Janeiro. Descubra lugares e monumentos históricos incríveis para conhecer um pouco da história e aproveitar o que tem de melhor na cidade maravilhosa.

Cristo Redentor

Considerado como marco cultural, religioso e patrimônio da humanidade tombado pela Unesco, o Cristo Redentor é o monumento mais famoso do Rio de Janeiro.

Do alto dos seus 38 metros, a estátua, que figura entre às sete maravilhas do mundo moderno, recebe mais de 3 milhões de visitantes por ano. Além do contexto histórico e turístico, muitos vão até à estátua para observar as lindas paisagens do alto e outros escolhem uma conexão mais religiosa para a visita.

Vista atrás do cristo Redentor Monumentos para visitar no Rio de Janeiro
Vista atrás do cristo Redentor

Uma forma incrível de ver o Cristo sem precisar se aglomerar entre os vários visitantes é fazer um voo panorâmico de helicóptero sobrevoando a estátua. Os passeios feitos pela equipe do Comandante Nobre realiza passeios de 30, 45 e 60 minutos e, em todos eles, a estátua é o ponto máximo.

Leia também: 10 Curiosidades sobre o Cristo Redentor

Arcos da Lapa

Os Arcos da Lapa, ou como eram conhecidos, Aqueduto da Carioca, foram construídos com o objetivo de transportar a água da nascente do Rio Carioca até o Largo da Carioca, para abastecer a população da cidade.

Com a expansão da cidade, a função do aqueduto mudou de condutor de água para sustentar o bondinho de Santa Teresa, levando centena de turistas e moradores do centro ao bairro.

Arcos da Lapa Rio de Janeiro
Arcos da Lapa Rio de Janeiro

São 42 arcos duplos de alvenaria em estilo romano, com 1,76 de altura por 270 metros de extensão passando por parte da Lapa e interligando Santa Teresa ao Centro.

Para visualizar o monumento de um ângulo diferente e com todo conforto, escolha os passeios de 45 e 60 minutos feitos com os helicópteros do Comandante Nobre. A viagem é maravilhosa e é possível ver muitos outros pontos turísticos lá de cima.

Estátua Carlos Drummond de Andrade

A imagem de um dos maiores autores da literatura brasileira Carlos Drummond de Andrade, retratada pelo fotógrafo Rogério Reis, se eternizou de novo com a estátua, feita pelo escultor Léo Santana e inaugurada em 2002.

Sentado na orla da Praia de Copacabana, o monumento é o segundo mais visitado da cidade, ficando atrás apenas do Cristo Redentor. É comum ver filas de turistas esperando para se sentar ao lado do poeta e tirar uma foto, olhar a paisagem e até mesmo bater um papo.

Estátua Carlos Drummond de Andrade
Estátua Carlos Drummond de Andrade

Infelizmente, a estátua já sofreu vários ataques de vandalismo. Em mais de 15 anos, já foram 11 ocorrências. As câmeras de segurança mostraram um homem chutando e quebrando os óculos.

De 2008 a 2016, a manutenção e limpeza ficava por conta da empresa de óculos Varilux, porém atualmente nenhuma empresa se interessou em responder o chamamento público feito pela Fundação Parques e Jardins.

Estátua Pixinguinha

O monumento em homenagem ao maestro, compositor e arranjador Alfredo Rocha Vianna Filho, o Pixinguinha, fica localizado na Travessa do Ouvidor, centro do Rio de Janeiro.

Estátua Pixinguinha
Estátua Pixinguinha

O lugar, também conhecido por “Beco do Pixinguinha”, era bastante frequentado por Pixinguinha. Atualmente, é uma rua de pedestres que liga a Rua do Ouvidor à Rua Sete de setembro.

Quem passa por lá, além da estátua do compositor de Carinhoso, pode ir à lanchonetes e bares e à Livraria da Travessa, uma das melhores do centro do Rio.

Por ser novo e ficar em uma região em que portões e grades são fechados, a estátua está em ótima conservação. Vale a pena conhecer.

Escadaria Selarón

A escadaria que se transformou em monumento. A história da Escadaria Selarón, ou Escadaria do Convento de Santa Teresa, começou em 1990, quando o artista plástico Jorge Selarón, decidiu renovar alguns degraus da escadaria em frente à sua casa.

Escadaria Selarón
Escadaria Selarón

Aos poucos, as combinações de cores, incompreendida por vizinhos, ia tomando forma na visão do artista, que passou a se dedicar à obra e assim foi colocando diversos azulejos, uns ele conseguia vendendo quadros e outros foram doados por pessoas de todo o mundo.

Atualmente, a escadaria com duzentos degraus, está coberta com mais de dois mil azulejos, sendo cerca de 300 pintados à mão.

Igreja Nossa Senhora da Candelária

Um monumento construído como uma promessa feita por um casal português à Nossa Senhora da Candelária. Conta a história, que em meio a uma tempestade no litoral do Rio de Janeiro, Antonio Martins Palma e Leonor Gonçalves, prometeram erguer a Igreja caso se salvassem.

Igreja de Nossa Senhora da Candelária
Igreja de Nossa Senhora da Candelária

Uma pequena capela, em 1609, foi sendo reformada com o passar dos anos e até 1901 muitas mudanças foram feitas, até chegar ao que muitos turistas conhecem, um dos maiores templos católicos. Outro monumento erigido próximo à Igreja é o que relembra a morte de 8 jovens, que foram assassinados no local.

Monumentos do Jardim Botânico

O Jardim Botânico é ponto turístico marcante da cidade do Rio de Janeiro. Com toda a vegetação, clima agradável e espaços perfeitos para passear com a família, amores e amigos, o local se tornou uma ótima escolha para turistas e passeantes.

O lugar entra para essa lista devido aos vários monumentos existentes lá dentro. São bustos, como o busto do Frei Leandro do Sacramento, primeiro diretor botânico do primeiro reinado; Fontes, como a fonte Wallace; Chafarizes, como o Chafariz das Musas, de 1895 e outras artes que contam a história, tanto do parque, quanto da cidade.

Monumentos do Jardim Botânico
Monumentos do Jardim Botânico

Ainda existem muitos outros monumentos e lugares para se conhecer no Rio de Janeiro e diversas estátuas de personalidades, como a Estátua do Chacrinha, Clarice Lispector, Manuel Bandeira, Tim Maia, Renato Russo, Noel Rosa, Michael Jackson, Ary Barroso, Luiz Gonzaga, Cartola, Braguinha, Nelson Rodrigues e outros em homenagem a grandes realizações em séculos de história.

Seja qual for o monumento, aproveite sua estadia na cidade maravilhosa e tire fotos com quantos conseguir visitar.

Conheça o Rio de Janeiro de uma vista diferenciada

O Comandante Nobre oferece passeios de helicóptero no Rio de Janeiro com duração de 30 a 60 minutos e rotas completas ou personalizadas para você conhecer o Rio de Janeiro de um ponto de vista completamente diferente, confira!

Gostou? Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp